Cidade e modernidade: Processos de modernização urbana em Belém do Pará entre 1930-1960

Resumen

Este artigo apresenta uma reflexão acerca do processo de modernização que se desencadeou em Belém, capital do estado do Pará, na Amazônia brasileira entre 1930 e 1960. Destaca aspectos dessa modernização que se observam nas infraestruturas de transportes, no sistema viário e nas redes de água e esgotamento sanitário. No intuito de refletir acerca dos meios pelos quais as ideias e práticas urbanas defendidas pelo estamento local –estado, empresas contratadas e sociedade civil– conformaram a capital, o artigo utiliza fontes como os relatórios da administração municipal, estadual e das companhias e demais agentes relacionados às mudanças operadas na capital, bem como da cartografia, para representar as transformações observadas. Com o auxílio destes meios documentais, constatou-se que para a concretização dessa modernização, foram determinantes os interesses financeiros e ideológicos dos agentes responsáveis pela conformação da paisagem belenense, priorizando as áreas de cotas mais altas da cidade, onde se concentravam, nesse momento, os grupos sociais de maior poder aquisitivo.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor

Celma Chaves Pont Vidal, Universidade Federal do Pará, Brasil

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Instituto de Tecnologia, Grupo de Pesquisa CNPQ “Arquitetura, Cidade e Modernização”. Coordenadora do Laboratorio de Historiografia da Arquitetura e Cultura Arquitetônica (LAHCA). Doutorado en Arquitetura, Professora e Pesquisadora Associada 4.

George Bruno Oliveira Lima, Universidade Federal do Pará, Brasil

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Instituto de Tecnologia, Grupo de Pesquisa CNPQ “Arquitetura, Cidade e Modernização”. Bolsista no Laboratorio de Historiografia da Arquitetura e Cultura Arquitetônica (LAHCA). Graduando em Arquitetura e Urbanismo.

Citas

Belém (1902). Intendência Municipal. O Município de Belém – 1902: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de

Belém na sessão de 15/11/1904 pelo Exmo. Sr. Intendente António José de Lemos. Belém: Archivo da Intendência Municipal.

Belém (1905). Intendência Municipal de Belém. O Município de Belém – 1905: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém na sessão de 15/11/1904 pelo Exmo. Sr. Intendente António José de Lemos. Belém: Archivo da Intendência Municipal.

Belém (1913). Intendência Municipal. O município de Belém – 1913: Relatório apresentado no conselho municipal de Belém na primeira sessão da decima primeira reunião ordinária da nona legislatura, em 2 de junho de 1913 pelo Exmo. Sr. Dr. Dionysio Ausier Bentes, intendente. Belém: Archivo da Intendência Municipal.

Belém (1945). Belém Prefeitura Municipal. Relatório apresentado pelo prefeito Engelhard ao Exmo. Sr. Cel. Joaquim de Magalhães Cardoso Barata Interventor Federal no Pará (1943-1945). Belém: [s.n.].

Belém (1948). Prefeitura Municipal de Belém. Relatório apresentado á câmara municipal de Belém pelo prefeito da capital, sr. Rodolfo Chermont, referente ao exercício de 1948.Belém: [s.n.].

Benévolo, L. (2001). História da Arquitetura Moderna. São Paulo: Editora Perspectiva.

Bourdieu, P. (2003). Os efeitos do lugar. In Miséria do mundo. Petrópolis: Vozes.

Braga, T. (1916). Guia do Estado do Pará. Belém: typographia do Instituto Lauro Sodré.

Caccavoni, A. (1898). Album descrittivo annuario dello Stato del Pará, 1.Genova: A. autor.

Cavalcanti, J. (1947, janeiro). Plano de Urbanização de Belém, capital do Pará. Revista Amazônia Moderna, s/n, 13-42.

Castello, L. (2007). A percepção do lugar: repensando o conceito de lugar em arquitetura-urbanismo. Porto Alegre: PROPAR-UFRGS.

Collado, A. (1999). Interpretaciones Gráficas Sobre los Procesos Urbanos en Santa Fe. Polis, 2, 14-25.

Collado, A. Bertuzzi, M. L., & Del Barco, M. E. (2013, janeiro). Los Atlas Históricos de Ciudades: Instrumentos para la Interpretación de los Procesos Urbanos. Apuntes 26 (1), 170-185.

Chaves, C. (2004). La arquitectura en Belem, 1930-1970: una modernización dispersa con lenguajes cambiantes. Tese de Doutorado em Arquitetura não publicada. Escuela Técnica Superior de Arquitectura, Universitat Politècnica de Catalunya, Barcelona, Catalunya, España.

Chaves, C. (2008). Arquitetura, modernização e política entre 1930 e 1945 na cidade de Belém. Vitruvius 8. Recuperado de: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/08.094/161.

Chaves, T. A. P. de V. (2011). Isto não é para nós? Um estudo sobre a verticalização e modernidade em Belém entre as décadas de 1940 e 1950. Dissertação de mestrado em história não publicada. Instituto de Filosofia e Ciências Humana, Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil. Disponível em http://repositorio.ufpa.br/jspui/bitstream/2011/7227/1/Tese_PlanoUrbanizacaoBelem.pdf.

Chaves, T. A. P. de V. (2016). O plano de urbanização de Belém: cidade e urbanismo na década de 1940. Tese de Doutorado em Historia Social da Amazônia não publicada, UFPA, Belém. Disponível em http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4590.

Cruz, E. (1973). História de Belém (Vol. I). Belém: Universidade Federal do Pará.
Faoro, R. (janeiro/abril,1992). A questão nacional: a modernização. Estudos Avançados, 6 (14), 7-22.

Fausto, B. (1995). História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.
Fialho, D. M. (2010). Cidades Visíveis: para uma história da cartografia como documento de identidade urbana. Tese de doutorado em história não publicada. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Gama Neto, O. (2013). Arborização urbana em Belém: diálogo entre tempos. Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo não publicada. Instituto de Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Belém, Brasil. Disponível em http://repositorio.ufpa.br/jspui/bitstream/2011/8615/1/Dissertacao_ArborizacaoUrbanaBelem.pdf.

Gorelik, A. (1999). O moderno em debate: cidade, modernidade, modernização. In W. Melo Miranda (Ed.), Narrativas da modernidade (s.p.). Belo Horizonte: Autêntica Editora.

Guardia, M., Monclús, F. J. & Oyón, J. L. (1996). Los atlas de ciudades entre la descripción y la comparación. El atlas historico de las ciudades europeas. AYER, 23, 109-134.

Groat, L., & Wang, D. (2002). Architectural Research Methods. Nova Iorque: John Wiley & Sons Inc.
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Biblioteca. Recuperado de https://biblioteca.ibge.gov.br/biblioteca-catalogo.html?id=42419&view=detalhes.

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). (2017). Estrada de Ferro de Bragança: memória social e patrimônio cultural. Giovanni Blanco Sarchis (org.). Belém: autor.

Le Goff, J. (2012). História e memória. São Paulo: Ed. Unicamp.

Muniz, J. P. (1904). Patrimônios dos conselhos municipais do estado do Pará (pp. 93-108). Paris: Aillaud & Cia.

Nunes, M. C. Ribeiro Gonçalves (2017). Rumo ao Boulevard da República: entre a cidade imperial e a metrópole republicana. Tese de Doutorado em História Social não publicada, Belém. Recuperado de http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8819.

Oliveira, N. N. P. (2001). A economia da borracha na Amazônia sob o impacto dos Acordos de Washington e da criação do Banco de Crédito da Borracha, 1942-1950. Dissertação de Mestrado não publicada, Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: http://pos.fflch.usp.br/node/45587.

Pará (1912). Dr. João Antônio Luiz Coelho. Governo do Estado do Pará. Mensagem. Disponível em .

Pará (1930). Governo do Estado do Pará. Mensagem apresentada ao Congresso Legislativo do Pará em sessão solenne de abertura da 1ª reunião de sua 14ª legislatura, 7 de setembro de 1930, pelo governador do Estado, Dr. Eurico Freitas Valle. Belém: Officinas graphicas do Instituto Lauro Sodré.

Pará (1940). Governo do Estado do Pará. Mensagem 09.12.1940: relatório apresentado ao Exmo. Snr. Presidente da República pelo Dr. José Carneiro da Gama Malcher interventor federal do Pará (1937-1939). Belém: [s.n.].

Pará (1944). Governo do Estado do Pará. Relatório apresentado ao senhor presidente da República pelo Coronel Joaquim de Magalhães Cardoso Barata, Interventor federal: problemas fundamentais, ideias de governo, administração e prestação de contas. Belém: [s.n.].

Pará (1950). Governo do Estado do Pará. Mensagem apresentada á assembléia legislativa no dia 15 de abril de 1950, em sessão de instalação, pelo governador major Luiz Geolás de Moura Carvalho. Belém: [s.n.].

Pará (1955). Governo do Estado do Pará. Mensagem apresentada à assembléia legislativa em sua reunião ordinária de 1954 pelo general de divisão Alexandre Zacarias de Assumpção, governador do estado. Belém: [s.n.].

Penteado, A. R. (1968). Belém-Estudo de Geografia Urbana (Vols. 1-2). Belém: Universidade Federal do Pará.

Sarges, M. N. (2002). Belém: Riquezas produzido a belle-époque. Belém: Paka-Tatu.

Salgueiro, H. A. (2001). O pensamento francês na fundação de Belo Horizonte: das representações às práticas. In H. A. Salgueiro (Org.), Cidades capitais do século XIX (135-181). Edusp: São Paulo.
Publicado
2018-12-23
Cómo citar
Pont Vidal, C., & Oliveira Lima, G. (2018). Cidade e modernidade: Processos de modernização urbana em Belém do Pará entre 1930-1960. Registros. Revista De Investigación Histórica, 14(2), 88-112. Recuperado a partir de https://revistasfaud.mdp.edu.ar/registros/article/view/236